Login

Capital do Amendoim muda rotina de safra devido ao coronavírus

Compartilhe
Com medidas preventivas, o pós colheita requer mais cuidados para não prejudicar a safra recorde

Com medidas preventivas, o pós colheita requer mais cuidados para não prejudicar a safra recorde

Os produtores de amendoim da região de Jaboticabal/SP, a 350 km da capital paulista, mantêm a previsão de uma safra recorde da leguminosa. Boa parte do produto já foi entregue, com expectativa de conclusão da colheita em cerca de 15 dias. O agronegócio como setor essencial, mesmo durante a pandemia da covid-19, segue com as operações no campo, além do transporte e processamento do grão. Com um curto período para retirar a matéria-prima da lavoura, é indispensável manter a estrutura de recepção. O que já envolve trabalho árduo a cada ano, está ainda mais desafiador, devido à pandemia, que transformou radicalmente a rotina de trabalho.

 

A Coplana - Cooperativa Agroindustrial, que recebe a safra de amendoim e soja da região, adotou as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde e decretos dos governos do Estado e municípais. As alterações estão presentes em todos os setores, com adequação da estrutura em sua Unidade de Grãos e um protocolo que entrou em vigor no dia 18 de março, incluindo: revezamento de horários de refeições; trabalho em sistema de home office; suspenção de reuniões, viagens de negócios e visitas institucionais; afastamento de colaboradores com qualquer tipo de sintoma associado a gripe ou resfriado; afastamento de gestantes, profissionais com mais de 60 anos ou com doenças crônicas; além das recomendações  sobre higiene pessoal.

 

Os cooperados mantêm a atenção e os cuidados no campo, e os parceiros, incluindo caminhoneiros que realizam a entrega de amendoim e soja, recebem orientações permanentes. Neste momento, em que o mundo mergulha em uma crise humanitária, temos, além das ameaças à saúde e à vida, os riscos de retração econômica e aumento do desemprego. Motivos pelos quais a Cooperativa e os produtores estão junto à sociedade, na prevenção e dedicação para garantir abastecimento e postos de trabalho.

 

“É fundamental atender os produtores em suas demandas, num momento de intensa atividade na lavoura, sem deixar a saúde das pessoas de lado. O agronegócio brasileiro é considerado uma atividade essencial, haja vista sua missão de produzir alimentos para o Brasil e o mundo. Somos responsáveis por evitar uma crise ainda maior, caso tivéssemos um desabastecimento de alimentos”, afirma José Antonio Rossato Junior, presidente da Cooperativa.

 

Previsões se mantêm

Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) trazem uma expectativa de produção de 516.500 toneladas de amendoim em casca, o que representa um crescimento de 22,30% em relação à safra anterior, que havia alcançado 422.200 toneladas. O estado de São Paulo mantém-se como líder absoluto no País, com um volume que chega a 95% do que é produzido (previsão de 482 mil toneladas para a safra 2019/2020).Jaboticabal/SP, intitulada a Capital do Amendoim no Estado, segue com papel de destaque no setor. Para esta safra 2019/2020, os agricultores que fazem parte da Coplana - Cooperativa Agroindustrial, preveem colher 85 mil toneladas, um crescimento de quase 15% em relação à safra passada.

 

Depois do beneficiamento, metade da produção tem como destino o mercado externo. Estes produtores respondem por 15% das exportações totais do Brasil, ou 30% do volume comercializado com a União Europeia.  O fato de o amendoim ser ingrediente em uma ampla gama de produtos é mais um ponto favorável para a cadeia produtiva, com a manutenção dos contratos para o fornecimento à grande indústria alimentícia, clientes nacionais e do exterior.

 

Os ganhos na produtividade média também contribuíram de forma considerável para os resultados alcançados: em 2007, a média era de 2,4 toneladas por hectare (t/ha). No último ano, o volume passou para 2,96 t/ha, e a expectativa para a atual safra é ainda maior, de 3,28 t/ha, o que reflete os investimentos em variedades e processos.

 

Produto certificado

O amendoim produzido na região de Jaboticabal, por produtores que integram a cooperativa Coplana, possui certificações nacionais e globais, como British Retail Consortium (norma exigida na Europa e entre grandes players mundiais), Nestlé Responsible Sourcing (programa relacionado à qualidade e sustentabilidade), Kosher (para comercialização com a comunidade judaica), Sedex - Supplier Ethical Data Exchange (banco de dados para a transparência mundial), Pró-Amendoim da Abicab (que atesta a qualidade para o consumidor brasileiro) e Halal (com regras de países muçulmanos).

Fonte: Assessoria de Imprensa Coplana.