Pesquisas

Compartilhe
ss

"A percepção dos moradores da zona urbana da região de Ribeirão Preto sobre o Agronegócio Brasileiro"

A pesquisa de opinião “A percepção dos moradores da zona urbana da região de Ribeirão Preto sobre o Agronegócio Brasileiro”, encomendada pela ABAG/RP para a ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) e o Instituto de Pesquisa Ipeso, revelou que 83% dos moradores da região têm conhecimento espontâneo sobre agronegócio, e 75,4% sabem associá-lo a alguma atividade.

As entrevistas com 296 pessoas foram realizadas em domicílio, entre o final de 2012 e início de 2013, nas quatro maiores cidades da região: Araraquara, Franca, Ribeirão Preto e São Carlos. O objetivo foi entender o que os cidadãos urbanos pensam do campo, e avaliar o resultado do trabalho de valorização da imagem do setor, desenvolvido pela ABAG/RP.

Os habitantes da região de Ribeirão Preto revelaram uma intimidade e um sentimento de valorização em relação ao agronegócio muito acentuado: 93,6% da população consideram o agronegócio muito importante para a economia nacional, 96,3% sabem correlacionar setores da economia com o agronegócio e 98,3% sabem apontar os produtos do setor na pauta de exportações do país.

A pesquisa regional foi realizada em paralelo com uma pesquisa nacional, feita pela ABAG, e aplicada nas 12 maiores capitais do Brasil. Nacionalmente 60% da população têm conhecimento sobre o agronegócio, mas têm uma percepção diferente da região de Ribeirão Preto sobre a importância do agronegócio para o país. Nas capitais o setor considerado o número um da economia é o de Mineração e Petróleo.

Os resultados apontaram ainda que: para a população da região o agricultor é a 4ª profissão mais importante para a vida dos moradores dos grandes centros; e considerada vital por 84,1% dos respondentes, atrás apenas dos bombeiros, professores e médicos.

Esse olhar é muito positivo para o setor, o que demonstra a importância do trabalho realizado pela ABAG/RP nas ultimas décadas. Programas e ações de valorização, focados na comunicação e na educação, como o Programa Educacional "Agronegócio na Escola", o Prêmio ABAG/RP de Jornalismo "José Hamilton Ribeiro" e a Campanha de Valorização Institucional da Imagem do Agronegócio foram amplamente assimilados, pelos resultados das pesquisas.